Notícias

Dodge Opina Pela Aprovação Com Ressalvas Das Contas De Campanha De Jair Bolsonaro

Dodge Opina Pela Aprovação Com Ressalvas Das Contas De Campanha De Jair Bolsonaro
Para PGR, inconsistências encontradas na prestação de contas não comprometem a regularidade da declaração. Julgamento das contas deve ocorrer no dia 4 de dezembro.

ONG Pede À Argentina Que Investigue Príncipe Saudita Por Iêmen E Caso Khashoggi

ONG Pede À Argentina Que Investigue Príncipe Saudita Por Iêmen E Caso Khashoggi
Príncipe Mohammed participará da abertura da cúpula do G20 nesta semana em Buenos Aires.

6ª Fase Da Operação Lama Asfáltica Mira Dinheiro Desviado De MS E Enviado Para O Exterior

6ª Fase Da Operação Lama Asfáltica Mira Dinheiro Desviado De MS E Enviado Para O Exterior
Etapa batizada de Computadores de Lama foi deflagrada nesta terça-feira em quatro cidades.

Toffoli Pede Ao Comandante Do Exército Indicação De Novo Assessor Para O STF

Toffoli Pede Ao Comandante Do Exército Indicação De Novo Assessor Para O STF
Atual assessor de Toffoli, general Fernando Azevedo e Silva, assumirá Ministério da Defesa.

Corpo De Jovem Morta Em Baile Funk No Rio Será Sepultado Na Tarde Desta Terça-Feira

Corpo De Jovem Morta Em Baile Funk No Rio Será Sepultado Na Tarde Desta Terça-Feira
Segundo testemunhas, arma de traficante caiu no chão e atingiu, acidentalmente, o rosto de Pammela Vieira.

Política

Política/module

Policial

Policial/column

Esporte

Esporte/style

Tecnologia

Tecnologia/style

Acidentes

Acidentes/carousel

Vídeos

Notícias/box

Últimas Notícias

A serviço da esquerda, anti cristão Toffoli derruba censura contra Porta dos Fundos e Netflix

A serviço da esquerda, anti cristão Toffoli derruba censura contra Porta dos Fundos e Netflix

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu nesta quinta-feira atender ao pedido da Netflix e derrubou a censura imposta pelo desembargador Benedicto Abicair, da 6.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Sob a alegação de “acalmar ânimos”, o desembargador havia determinado a retirada do ar de um especial de fim de ano do grupo humorístico Porta dos Fundos que retrata Jesus Cristo como homossexual.

Toffoli derruba censura contra Porta dos Fundos e Netflix

O filme, disponibilizado para os usuários da plataforma, mostra Jesus como um homossexual que se envolve com Lúcifer, além de Maria trair José com Deus. A polêmica em torno da obra ganhou novos contornos após um atentado semanas atrás contra a sede da produtora do Porta dos Fundos, no bairro de Humaitá, na zona sul do Rio. Dois coquetéis molotov foram lançados contra as instalações.

Ao acionar o Supremo, a Netflix alegou que a decisão do TJ do Rio “tem efeito equivalente ao da bomba utilizada no atentado terrorista à sede do Porta dos Fundos: silencia por meio do medo e da intimidação”.

A reclamação é um tipo de processo em que se alega que uma decisão da Suprema Corte está sendo desrespeitada por instâncias inferiores. No caso, a Netflix sustenta que o Supremo já deixou claro em julgamentos que são inconstitucionais quaisquer tipos de censura prévia e restrições à liberdade de expressão.

"Por ser assim, as referidas ordens judiciais devem ser prontamente suspensas e, ao final, cassadas, de forma a resguardar a liberdade de expressão da reclamante, em sua dimensão de liberdade de criação artística e de programação", alegou a Netflix ao Supremo.

A plataforma informou o STF que não seleciona o conteúdo a ser assistido por seus assinantes, mas “se limita a disponibilizar os mais diversos temas, assuntos e gêneros para que os usuários livremente optem pelo que desejem assistir, concedendo-lhes total liberdade de escolha”A empresa ressaltou que o vídeo do grupo humorístico já possui classificação indicativa para maiores de 18 anos e é “indexado como sátira, comédia e humor ácido”.

O processo foi sorteado no STF para ficar com o ministro Gilmar Mendes, mas foi decidido por Toffoli, responsável pela análise dos casos considerados urgentes durante o plantão do tribunal. O Supremo só retoma regularmente suas atividades no mês que vem.

Bienal. Em setembro do ano passado, em outro caso de grande repercussão pública, Toffoli suspendeu uma decisão do TJ fluminense que permitia a apreensão de uma história de quadrinhos com beijo gay na Bienal do Livro.

O Globo
Da Redação 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu nesta quinta-feira atender ao pedido da Netflix e derrubou a censura imposta pelo desembargador Benedicto Abicair, da 6.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Sob a alegação de “acalmar ânimos”, o desembargador havia determinado a retirada do ar de um especial de fim de ano do grupo humorístico Porta dos Fundos que retrata Jesus Cristo como homossexual.

Toffoli derruba censura contra Porta dos Fundos e Netflix

O filme, disponibilizado para os usuários da plataforma, mostra Jesus como um homossexual que se envolve com Lúcifer, além de Maria trair José com Deus. A polêmica em torno da obra ganhou novos contornos após um atentado semanas atrás contra a sede da produtora do Porta dos Fundos, no bairro de Humaitá, na zona sul do Rio. Dois coquetéis molotov foram lançados contra as instalações.

Ao acionar o Supremo, a Netflix alegou que a decisão do TJ do Rio “tem efeito equivalente ao da bomba utilizada no atentado terrorista à sede do Porta dos Fundos: silencia por meio do medo e da intimidação”.

A reclamação é um tipo de processo em que se alega que uma decisão da Suprema Corte está sendo desrespeitada por instâncias inferiores. No caso, a Netflix sustenta que o Supremo já deixou claro em julgamentos que são inconstitucionais quaisquer tipos de censura prévia e restrições à liberdade de expressão.

"Por ser assim, as referidas ordens judiciais devem ser prontamente suspensas e, ao final, cassadas, de forma a resguardar a liberdade de expressão da reclamante, em sua dimensão de liberdade de criação artística e de programação", alegou a Netflix ao Supremo.

A plataforma informou o STF que não seleciona o conteúdo a ser assistido por seus assinantes, mas “se limita a disponibilizar os mais diversos temas, assuntos e gêneros para que os usuários livremente optem pelo que desejem assistir, concedendo-lhes total liberdade de escolha”A empresa ressaltou que o vídeo do grupo humorístico já possui classificação indicativa para maiores de 18 anos e é “indexado como sátira, comédia e humor ácido”.

O processo foi sorteado no STF para ficar com o ministro Gilmar Mendes, mas foi decidido por Toffoli, responsável pela análise dos casos considerados urgentes durante o plantão do tribunal. O Supremo só retoma regularmente suas atividades no mês que vem.

Bienal. Em setembro do ano passado, em outro caso de grande repercussão pública, Toffoli suspendeu uma decisão do TJ fluminense que permitia a apreensão de uma história de quadrinhos com beijo gay na Bienal do Livro.

O Globo
Da Redação 

Deputado Coronel Chrisóstomo lidera reunião de empresários com Jair Bolsonaro

Deputado Coronel Chrisóstomo lidera reunião de empresários com Jair Bolsonaro

Na manhã desta terça-feira (30), uma comitiva de empresários rondonienses liderada pelo deputado federal Coronel Chrisóstomo (PSL-RO), foi recebida pelo presidente da república Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto.  Na pauta a solicitação de ações para o fortalecimento e expansão de setores como mineração, pecuária, no cultivo da soja e da bacia leiteira do estado e de obras estruturantes como os portos de Guajará-Mirim e Costa Marques.


De acordo com o deputado Coronel Chrisóstomo, solicitante da audiência, o momento reflete o compromisso do governo Bolsonaro como o desenvolvimento do estado de Rondônia.

“Nunca houve um momento como este na história do nosso estado. Essa reunião tem o objetivo de apresentarmos ao presidente nossas principais demandas em diversos setores essenciais para alavancarmos o crescimento de Rondônia, como a pavimentação da BR-421 importante para o desenvolvimento da bacia leiteira.”, declarou o deputado.


“O Brasil está em um novo ritmo, e quanto menos o estado se meter em questões que devem ser essencialmente empresariais melhor. Daremos o prosseguimento necessário para ”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro. 

Para o empresário César Cassol a audiência é significativa, pois dará uma nova dinâmica para os negócios em Rondônia. “Com o resultado dessa audiência, brilhantemente orquestrada pelo deputado Coronel Chrisóstomo, nós poderemos avançar em questões essenciais como a criação do porto internacional de Guajará- Mirim e Costa Marques, que permitirá uma parceria comercial maior com países vizinhos como a bolívia”, disse o empresário



Participaram  da Audiência os ministros da Infraestrutura, Tarcíso de Freitas, Ministra da Agricultura, Teresa Cristina, Ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque e o Ministro da Secretaria de Governo Luiz Eduardo Ramos, o vice-governador de Rondônia Zé Jodan e os prefeitos de Porto Velho Hildon Chaves, Guajará - Mirim  Cícero Noronha e de Costa Marques, Mirandão.

Da Redação
Assessoria de Imprensa

Na manhã desta terça-feira (30), uma comitiva de empresários rondonienses liderada pelo deputado federal Coronel Chrisóstomo (PSL-RO), foi recebida pelo presidente da república Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto.  Na pauta a solicitação de ações para o fortalecimento e expansão de setores como mineração, pecuária, no cultivo da soja e da bacia leiteira do estado e de obras estruturantes como os portos de Guajará-Mirim e Costa Marques.


De acordo com o deputado Coronel Chrisóstomo, solicitante da audiência, o momento reflete o compromisso do governo Bolsonaro como o desenvolvimento do estado de Rondônia.

“Nunca houve um momento como este na história do nosso estado. Essa reunião tem o objetivo de apresentarmos ao presidente nossas principais demandas em diversos setores essenciais para alavancarmos o crescimento de Rondônia, como a pavimentação da BR-421 importante para o desenvolvimento da bacia leiteira.”, declarou o deputado.


“O Brasil está em um novo ritmo, e quanto menos o estado se meter em questões que devem ser essencialmente empresariais melhor. Daremos o prosseguimento necessário para ”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro. 

Para o empresário César Cassol a audiência é significativa, pois dará uma nova dinâmica para os negócios em Rondônia. “Com o resultado dessa audiência, brilhantemente orquestrada pelo deputado Coronel Chrisóstomo, nós poderemos avançar em questões essenciais como a criação do porto internacional de Guajará- Mirim e Costa Marques, que permitirá uma parceria comercial maior com países vizinhos como a bolívia”, disse o empresário



Participaram  da Audiência os ministros da Infraestrutura, Tarcíso de Freitas, Ministra da Agricultura, Teresa Cristina, Ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque e o Ministro da Secretaria de Governo Luiz Eduardo Ramos, o vice-governador de Rondônia Zé Jodan e os prefeitos de Porto Velho Hildon Chaves, Guajará - Mirim  Cícero Noronha e de Costa Marques, Mirandão.

Da Redação
Assessoria de Imprensa

Marido mata mulher na frente dos filhos em condomínio de Porto Velho

Marido mata mulher na frente dos filhos em condomínio de Porto Velho

Marido mata mulher na frente dos filhos em condomínio de Porto Velho. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (8), no condomínio Total Vile I, na Zona Sul de Porto Velho. O homem esfaqueou a mulher durante uma discussão.

Marido mata mulher na frente dos filhos em condomínio de Porto Velho

Os filhos do casal presenciaram toda a ação. O homem também ficou ferido e foi levado para o Hospital e Pronto Socorro João Paulo II. A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu no apartamento. O rabecão já removeu o corpo para o IML.

Assessoria
Da Redação
Marido mata mulher na frente dos filhos em condomínio de Porto Velho. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (8), no condomínio Total Vile I, na Zona Sul de Porto Velho. O homem esfaqueou a mulher durante uma discussão.

Marido mata mulher na frente dos filhos em condomínio de Porto Velho

Os filhos do casal presenciaram toda a ação. O homem também ficou ferido e foi levado para o Hospital e Pronto Socorro João Paulo II. A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu no apartamento. O rabecão já removeu o corpo para o IML.

Assessoria
Da Redação

PF descobre desvios de R$ 1,1 milhão em obra do prédio da PRF em PVH

PF descobre desvios de R$ 1,1 milhão em obra do prédio da PRF em PVH

Dez mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nesta quinta-feira (8) em dois estados através da operação “Pare e Siga”, deflagrada pela Polícia Federal (PF) para investigar desvios financeiros na construção da nova sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Rondônia. Os mandados são cumpridos em Porto Velho, Ji-Paraná (RO) e Manaus.

PF descobre desvios de R$ 1,1 milhão em obra do prédio da PRF em PVH

Os desvios apurados até agora, segundo a PF, chegam a R$ 1,1 milhão e a obra deve ficar R$ 14 milhões mais cara do que o previsto. Também há suspeitas de irregularidades na contratação de uma nova empresa para realizar o levantamento do que falta ser executado na construção.

A operação é realizada em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF). A Justiça Federal também determinou o afastamento cautelar do cargo do atual superintendente regional da PRF de Rondônia, Bruno Ferreira Malheiros, além do bloqueio e sequestro de bens e o afastamento do sigilo bancário de envolvidos.

Assessoria
Da Redação

Dez mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nesta quinta-feira (8) em dois estados através da operação “Pare e Siga”, deflagrada pela Polícia Federal (PF) para investigar desvios financeiros na construção da nova sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Rondônia. Os mandados são cumpridos em Porto Velho, Ji-Paraná (RO) e Manaus.

PF descobre desvios de R$ 1,1 milhão em obra do prédio da PRF em PVH

Os desvios apurados até agora, segundo a PF, chegam a R$ 1,1 milhão e a obra deve ficar R$ 14 milhões mais cara do que o previsto. Também há suspeitas de irregularidades na contratação de uma nova empresa para realizar o levantamento do que falta ser executado na construção.

A operação é realizada em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF). A Justiça Federal também determinou o afastamento cautelar do cargo do atual superintendente regional da PRF de Rondônia, Bruno Ferreira Malheiros, além do bloqueio e sequestro de bens e o afastamento do sigilo bancário de envolvidos.

Assessoria
Da Redação

fb/https://www.facebook.com/cacoalnews1

Destaque

randomposts